quinta-feira, 13 de abril de 2017

Congresso aprova a Terceirização e coloca em debate reformas importantes


Hoje, o país vive momentos de alta significação para todos, principalmente os que acompanham de perto os problemas e as questões políticas que dominam a vida governamental. Há aspectos positivos e negativos, na situação brasileira.
No momento, vários homens públicos estão recebendo críticas generalizadas, o que provoca no povo uma certa inquietação, no tocante, a conduta das lideranças de um modo geral, embora muitos dirigentes partidários são reconhecidos por terem uma conduta meritória e merecem o respeito de todos.
Ao lado desse momento que vem trazendo inquietação a nação, devido os acontecimentos políticos, temos também diante de nós, trabalhos legislativos, que trazem para o nosso país informações de alta relevância. Entre estes, a votação do projeto de Lei da Terceirização, com sua aprovação, abriu portas para muitas áreas da vida econômica, sendo importante destacar, a possibilidade que a terceirização pode ser empregada também nas atividades fins e não apenas nas atividades meios, como já era regulamentada.
Por outro lado, a Câmara dos Deputados se prepara para receber o projeto de Lei da Reforma Trabalhista, já havendo vários estudos e sugestões que mostram um desejo evidente de trazer para a vida social desse setor normas modernizadas, que venham facilitar não só a vida dos trabalhadores, mas também a dos patrões e empresas, trazendo para o Brasil técnicas vitoriosas em nações Europeias.
Ao lado da Reforma Trabalhista, temos de fato, um grande debate entorno do projeto da Reforma Previdenciária, mas verifica-se, que o país e as suas lideranças não têm ainda uma posição, que eu diria, definitiva com relação essa matéria.
O governo através dos órgãos competentes lançou determinadas ideias e princípios, que foram de imediato aplaudidos por uns, mas criticados por outros, porém tendo uma oposição muito forte, por parte de setores expressivos da sociedade.
Concluímos, que a chamada “Reforma Previdenciária” não está colocada de forma definitiva, perante o Congresso Nacional. Muitos problemas estão dentro da questão previdenciária e esses problemas atingem diversas áreas da realidade brasileira, diversas classes, diversos ângulos da vida social, que não conseguem com facilidade serem superados, através de um documento que possa representar assim não só o anseio, mas o apoio generalizado do país.
Indiscutivelmente, atravessamos uma fase de problemas econômicos e financeiros, e essas questões estão dentro daquelas que justificam para alguns, as providências relativas à reforma previdenciária, todavia, essa questão está ainda em debate, e não temos um posicionamento certo e definitivo sobre o assunto.
São essas as questões fundamentais que estamos acompanhando nesta semana. E devemos continuar atentos aos seus desdobramentos, mas esperamos que o país consiga soluções adequadas para tal problema, que dificulta a vida brasileira.

Nenhum comentário: